Welcome!

API Journal Authors: Liz McMillan, Flint Brenton, Rishi Bhargava, Pat Romanski, Elizabeth White

News Feed Item

TSYS vai adquirir a NetSpend

A TSYS® (NYSE: TSS), uma líder global fornecedora de soluções de pagamento, e a NetSpend (NASDAQ: NTSP), fornecedora líder de cartões de débito pré-pagos recarregáveis de uso geral – o GPR – e de outros serviços financeiros para consumidores sem conta bancária nos Estados Unidos, anunciaram hoje que firmaram um contrato definitivo no qual a TSYS irá adquirir a NetSpend em uma transação à vista no valor de aproximadamente US$ 1,4 bilhão. Sob os termos do contrato, os acionistas da NetSpend receberão US$ 16,00 em dinheiro por cada ação ordinária da NetSpend. A TSYS espera que a operação seja um acréscimo ao PCGA de ganho por ação para o primeiro período de 12 meses após o fechamento, excluindo taxas únicas de aquisição e despesas relacionadas.

A extensa rede de distribuição da NetSpend oferece aos consumidores a possibilidade de comprar cartões de débito pré-pagos em mais de 62.000 estabelecimentos comerciais de distribuição, como varejistas, empresas de troca de cheques, lojas de conveniências, padarias, seguradoras, preparadores fiscais e muitos outros. É também uma das principais fornecedoras de soluções de cartões corporativos salariais, e tem um canal de distribuição direto que alcança os consumidores por meio de fontes de marketing direto, online e dispositivos móveis. A NetSpend atende atualmente mais de 2,4 milhões de contas, 46% das quais são contas de depósito direto, com mais de 500 distribuidores de varejo e mais de 130.000 locais de recarga.

“A aquisição da NetSpend é realmente um evento de transformação para a TSYS e para os consumidores em geral. Isto nos permite atender nossos objetivos estratégicos de diversificar nossos negócios, sendo uma fornecedora mais inovadora de soluções e pagamentos e expandindo o nosso papel dentro de uma área de pagamentos que deve crescer a uma taxa anual de 20% nos próximos quatro anos*. A aquisição também complementa a nossa já forte presença no mercado de processamento pré-pago”, disse Philip W. Tomlinson, presidente do conselho e diretor executivo da TSYS. “Ao adquirir a NetSpend, ganhamos uma equipe de liderança com experiência profunda em pré-pagos, uma empresa com tecnologia escalável e uma oferta de produtos diferenciados, personalizados para os parceiros e canais que atendem. A missão da NetSpend é trazer aos consumidores a conveniência, segurança e liberdade para serem seus próprios bancos, e essa promessa se ajusta com a abordagem da TSYS de pagamentos centrados nas pessoas, que se espera adicionar capacidades significativas em termos de crescimento da receita futura para nossas empresas.”

“Com a força e os recursos da TSYS, nossas possibilidades são infinitas”, disse Dan Henry, diretor executivo da NetSpend, que fará parte da equipe executiva da TSYS. “Eu não consigo imaginar uma líder melhor posicionada no setor que possa nos ajudar a levar a NetSpend para o próximo nível. Trazemos um negócio significativo e de rápido crescimento para a TSYS, e seremos capazes de oferecer nossos produtos e serviços exclusivos para os consumidores sem conta bancária de forma mais ágil do que nunca. Construímos uma equipe tão incrível aqui na NetSpend, e estamos empolgados por ser a mais nova adição à TSYS.”

A transação deverá ser concluída em meados de 2013, sujeita a aprovações regulatórias, à aprovação pelos acionistas da NetSpend e às condições habituais de fechamento.

*Fonte: First Annapolis Consulting

Assessoria financeira e jurídica

A Houlihan Lokey está atuando como assessora financeira exclusiva, e a King & Spalding está atuando como assessora jurídica da TSYS em relação à transação. A BofA Merrill Lynch está atuando como assessora financeira exclusiva, e a Fried Frank está atuando como assessora jurídica da NetSpend.

Detalhes da teleconferência

As gerências da TSYS e da NetSpend vão discutir a aquisição em uma teleconferência no dia 19 de fevereiro de 2013, às 18h no horário da costa leste. A TSYS publicou uma apresentação em slides relacionada a essa transação na seção de relações com investidores de seu site, www.tsys.com, na guia “Investidores” e “Webcasts and Presentations”.

Sobre a NetSpend

A NetSpend é uma fornecedora líder de cartões de débito pré-pagos recarregáveis de uso geral e serviços financeiros relacionados para os cerca de 68 milhões de consumidores nos Estados Unidos que não têm uma conta bancária tradicional ou que dependem de serviços financeiros alternativos. A missão da empresa é desenvolver produtos e serviços que tragam aos consumidores a conveniência, segurança e liberdade para serem seus próprios bancos. Sediada em Austin, Texas, a NetSpend é comercializada no índice NASDAQ sob o símbolo NTSP. Visite http://www.netspend.com para obter mais informações.

Sobre a TSYS

Na TSYS (NYSE: TSS), acreditamos que os pagamentos devem girar em torno das pessoas - e não o contrário. Chamamos essa crença de “Pagamentos centrados em pessoasSM”. Ao situar as pessoas no centro de cada decisão que tomamos, com serviços de atendimento ao cliente e percepção de segmento incomparáveis, a TSYS oferece suporte a instituições financeiras, negócios e governos em mais de oitenta países. Ao oferecer soluções de aceitação de pagamentos no comércio e serviços de crédito, débito, pré-pago, móveis, chip e assistência à saúde, entre outros, fazemos com que as pessoas do mercado global conduzam transações eletrônicas de forma segura, com confiança e conveniência.

A sede da TSYS localiza-se em Columbus, na Geórgia, com escritórios localizados nas Américas, Oriente Médio, África, Europa e Ásia-Pacífico. A TSYS oferece serviços para mais da metade dos vinte maiores bancos internacionais, é uma empresa Fortune 1000 e foi indicada como uma das empresas mais éticas do mundo de 2012 pela revista Ethisphere. Para mais informações, acesse www.tsys.com.

Declarações prospectivas

Este comunicado de imprensa contém certas declarações identificadas como “declarações prospectivas” dentro dos significados da Lei de Valores Mobiliários de 1933 e da Lei da Bolsa de Valores de 1934, conforme alterada pela Lei de Reforma de Litígio de Títulos Privados de 1995. Essas declarações prospectivas incluem, entre outras, declarações sobre os benefícios esperados de uma combinação potencial entre a TSYS e a NetSpend, incluindo o impacto esperado sobre os lucros da TSYS, a taxa de crescimento esperada da indústria de GPR, o impacto positivo esperado sobre o crescimento de receitas futuras e o tempo esperado para o fechamento da aquisição. Essas declarações prospectivas podem ser identificadas pelo uso de termos como “esperado”, “antecipado”, “acredita-se”, “estimado”, “potencial”, “deveria” ou palavras semelhantes destinadas a identificar a informação que não é histórica por natureza. Essas declarações são baseadas nas crenças e expectativas atuais da TSYS e na gestão atual da NetSpend, conforme aplicável, e estão sujeitas a riscos conhecidos e desconhecidos e a incertezas. Não há garantia de que a transação em potencial será consumada, e há uma série de riscos e incertezas que podem causar resultados reais que diferem materialmente daqueles contemplados pelas declarações prospectivas, incluindo, mas não limitado às partes serem incapazes de obter as sinergias e eficiências operacionais na fusão dentro dos prazos esperados ou em um todo integrar com sucesso as operações da NetSpend nas da TSYS; essa integração pode ser mais difícil, demorada ou custosa do que o esperado; receitas na sequência da transação podem ser menores do que o esperado; custos operacionais, perda de clientes e interrupção de negócios (incluindo, sem limitação, dificuldades em manter relacionamentos com funcionários, clientes ou fornecedores) podem ser maiores do que o esperado após a transação; a retenção de certos funcionários-chave na NetSpend; a ocorrência de qualquer evento, alteração ou outras circunstâncias que poderiam dar lugar à rescisão do contrato de fusão; o resultado de qualquer processo judicial que possa ser proposto contra as partes e outros relacionados com o contrato de fusão; aprovação dos acionistas ou de outras condições para a conclusão da transação não poderem ser satisfeitas, ou as aprovações regulatórias necessárias para a transação não poderem ser obtidas nos termos esperados ou no cronograma previsto; falha na conclusão das operações de financiamento contempladas para financiar o preço de compra ou outros custos e despesas da fusão; o montante dos custos, taxas, despesas e encargos relacionados com a fusão e as operações de financiamento necessárias para completar a fusão; e a capacidade das partes para atender as expectativas em relação aos tratamentos de conclusão, tempo, contábil e tributário da fusão. Para obter mais informações sobre os riscos associados com os negócios da TSYS e da NetSpend, consulte os arquivos respectivos com a Comissão de Valores Mobiliários, incluindo relatórios anuais no formulário 10-K para o ano mais recentemente encerrado, relatórios trimestrais no formulário 10-Q e relatórios atuais no formulário 8-K. As partes acreditam que essas declarações prospectivas sejam razoáveis; no entanto, confiança indevida não deve ser colocada em quaisquer declarações prospectivas, que são baseadas em expectativas atuais. Nem a TSYS nem a NetSpend assumem qualquer obrigação de atualizar quaisquer declarações prospectivas, como resultado de novas informações, desenvolvimentos futuros ou outros.

Informações adicionais e onde encontrá-las

Esta comunicação pode ser considerada como uma solicitação em relação à proposta de aquisição da NetSpend pela TSYS. Em conexão com a aquisição proposta, a TSYS e a NetSpend pretendem arquivar os materiais relevantes junto à SEC, incluindo a declaração de procuração da NetSpend no cronograma 14A. ACIONISTAS DA NETSPEND DEVEM LER TODOS OS DOCUMENTOS RELEVANTES ARQUIVADOS JUNTO À SEC, INCLUSIVE A DECLARAÇÃO DE PROCURAÇÃO DA NETSPEND, PORQUE VÃO CONTER INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE A TRANSAÇÃO PROPOSTA E RESPECTIVAS PARTES. Os investidores e detentores de títulos poderão obter os documentos (quando disponíveis), gratuitamente, no site da SEC http://www.sec.gov, e acionistas da NetSpend receberão informações no momento apropriado sobre como obter gratuitamente os documentos relacionados à transação da NetSpend. Tais documentos não estão disponíveis atualmente.

Participantes na solicitação

A TSYS e seus diretores e executivos, e a NetSpend e seus diretores e executivos, podem ser considerados participantes na solicitação de procurações de detentores de ações ordinárias da NetSpend em relação à transação proposta. Informações sobre os diretores e executivos da TSYS foram estabelecidas em sua declaração de procuração na reunião anual de acionistas de 2012, que foi arquivada junto à SEC em 15 de março de 2012. Informações sobre os diretores e executivos da NetSpend foram estabelecidas em sua declaração de procuração na reunião anual de acionistas de 2012, que foi arquivada junto à SEC em 30 de março de 2012. Os investidores podem obter informações adicionais sobre o interesse dessas pessoas, lendo a declaração de procuração referente à aquisição, quando ela se tornar disponível.

More Stories By Business Wire

Copyright © 2009 Business Wire. All rights reserved. Republication or redistribution of Business Wire content is expressly prohibited without the prior written consent of Business Wire. Business Wire shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

@ThingsExpo Stories
The Jevons Paradox suggests that when technological advances increase efficiency of a resource, it results in an overall increase in consumption. Writing on the increased use of coal as a result of technological improvements, 19th-century economist William Stanley Jevons found that these improvements led to the development of new ways to utilize coal. In his session at 19th Cloud Expo, Mark Thiele, Chief Strategy Officer for Apcera, will compare the Jevons Paradox to modern-day enterprise IT, e...
Complete Internet of Things (IoT) embedded device security is not just about the device but involves the entire product’s identity, data and control integrity, and services traversing the cloud. A device can no longer be looked at as an island; it is a part of a system. In fact, given the cross-domain interactions enabled by IoT it could be a part of many systems. Also, depending on where the device is deployed, for example, in the office building versus a factory floor or oil field, security ha...
SYS-CON Events announced today that Bsquare has been named “Silver Sponsor” of SYS-CON's @ThingsExpo, which will take place on November 1–3, 2016, at the Santa Clara Convention Center in Santa Clara, CA. For more than two decades, Bsquare has helped its customers extract business value from a broad array of physical assets by making them intelligent, connecting them, and using the data they generate to optimize business processes.
Identity is in everything and customers are looking to their providers to ensure the security of their identities, transactions and data. With the increased reliance on cloud-based services, service providers must build security and trust into their offerings, adding value to customers and improving the user experience. Making identity, security and privacy easy for customers provides a unique advantage over the competition.
There are several IoTs: the Industrial Internet, Consumer Wearables, Wearables and Healthcare, Supply Chains, and the movement toward Smart Grids, Cities, Regions, and Nations. There are competing communications standards every step of the way, a bewildering array of sensors and devices, and an entire world of competing data analytics platforms. To some this appears to be chaos. In this power panel at @ThingsExpo, moderated by Conference Chair Roger Strukhoff, Bradley Holt, Developer Advocate a...
If you’re responsible for an application that depends on the data or functionality of various IoT endpoints – either sensors or devices – your brand reputation depends on the security, reliability, and compliance of its many integrated parts. If your application fails to deliver the expected business results, your customers and partners won't care if that failure stems from the code you developed or from a component that you integrated. What can you do to ensure that the endpoints work as expect...
So, you bought into the current machine learning craze and went on to collect millions/billions of records from this promising new data source. Now, what do you do with them? Too often, the abundance of data quickly turns into an abundance of problems. How do you extract that "magic essence" from your data without falling into the common pitfalls? In her session at @ThingsExpo, Natalia Ponomareva, Software Engineer at Google, provided tips on how to be successful in large scale machine learning...
In his general session at 18th Cloud Expo, Lee Atchison, Principal Cloud Architect and Advocate at New Relic, discussed cloud as a ‘better data center’ and how it adds new capacity (faster) and improves application availability (redundancy). The cloud is a ‘Dynamic Tool for Dynamic Apps’ and resource allocation is an integral part of your application architecture, so use only the resources you need and allocate /de-allocate resources on the fly.
If you had a chance to enter on the ground level of the largest e-commerce market in the world – would you? China is the world’s most populated country with the second largest economy and the world’s fastest growing market. It is estimated that by 2018 the Chinese market will be reaching over $30 billion in gaming revenue alone. Admittedly for a foreign company, doing business in China can be challenging. Often changing laws, administrative regulations and the often inscrutable Chinese Interne...
Enterprise IT has been in the era of Hybrid Cloud for some time now. But it seems most conversations about Hybrid are focused on integrating AWS, Microsoft Azure, or Google ECM into existing on-premises systems. Where is all the Private Cloud? What do technology providers need to do to make their offerings more compelling? How should enterprise IT executives and buyers define their focus, needs, and roadmap, and communicate that clearly to the providers?
SYS-CON Events announced today that Commvault, a global leader in enterprise data protection and information management, has been named “Bronze Sponsor” of SYS-CON's 19th International Cloud Expo, which will take place on November 1–3, 2016, at the Santa Clara Convention Center in Santa Clara, CA. Commvault is a leading provider of data protection and information management solutions, helping companies worldwide activate their data to drive more value and business insight and to transform moder...
The many IoT deployments around the world are busy integrating smart devices and sensors into their enterprise IT infrastructures. Yet all of this technology – and there are an amazing number of choices – is of no use without the software to gather, communicate, and analyze the new data flows. Without software, there is no IT. In this power panel at @ThingsExpo, moderated by Conference Chair Roger Strukhoff, panelists will look at the protocols that communicate data and the emerging data analy...
Digital innovation is the next big wave of business transformation based on digital technologies of which IoT and Big Data are key components, For example: Business boundary innovation is a challenge to excavate third-party business value using IoT and BigData, like Nest Business structure innovation may propose re-building business structure from scratch, as Uber does in the taxicab industry The social model innovation is also a big challenge to the new social architecture with the design fr...
Fifty billion connected devices and still no winning protocols standards. HTTP, WebSockets, MQTT, and CoAP seem to be leading in the IoT protocol race at the moment but many more protocols are getting introduced on a regular basis. Each protocol has its pros and cons depending on the nature of the communications. Does there really need to be only one protocol to rule them all? Of course not. In his session at @ThingsExpo, Chris Matthieu, co-founder and CTO of Octoblu, walk you through how Oct...
Is your aging software platform suffering from technical debt while the market changes and demands new solutions at a faster clip? It’s a bold move, but you might consider walking away from your core platform and starting fresh. ReadyTalk did exactly that. In his General Session at 19th Cloud Expo, Michael Chambliss, Head of Engineering at ReadyTalk, will discuss why and how ReadyTalk diverted from healthy revenue and over a decade of audio conferencing product development to start an innovati...
Data is an unusual currency; it is not restricted by the same transactional limitations as money or people. In fact, the more that you leverage your data across multiple business use cases, the more valuable it becomes to the organization. And the same can be said about the organization’s analytics. In his session at 19th Cloud Expo, Bill Schmarzo, CTO for the Big Data Practice at EMC, will introduce a methodology for capturing, enriching and sharing data (and analytics) across the organizati...
There is little doubt that Big Data solutions will have an increasing role in the Enterprise IT mainstream over time. Big Data at Cloud Expo - to be held November 1-3, 2016, at the Santa Clara Convention Center in Santa Clara, CA - has announced its Call for Papers is open. Cloud computing is being adopted in one form or another by 94% of enterprises today. Tens of billions of new devices are being connected to The Internet of Things. And Big Data is driving this bus. An exponential increase is...
IoT is fundamentally transforming the auto industry, turning the vehicle into a hub for connected services, including safety, infotainment and usage-based insurance. Auto manufacturers – and businesses across all verticals – have built an entire ecosystem around the Connected Car, creating new customer touch points and revenue streams. In his session at @ThingsExpo, Macario Namie, Head of IoT Strategy at Cisco Jasper, will share real-world examples of how IoT transforms the car from a static p...
Internet of @ThingsExpo, taking place November 1-3, 2016, at the Santa Clara Convention Center in Santa Clara, CA, is co-located with the 19th International Cloud Expo and will feature technical sessions from a rock star conference faculty and the leading industry players in the world and ThingsExpo Silicon Valley Call for Papers is now open.
SYS-CON Events has announced today that Roger Strukhoff has been named conference chair of Cloud Expo and @ThingsExpo 2016 Silicon Valley. The 19th Cloud Expo and 6th @ThingsExpo will take place on November 1-3, 2016, at the Santa Clara Convention Center in Santa Clara, CA. "The Internet of Things brings trillions of dollars of opportunity to developers and enterprise IT, no matter how you measure it," stated Roger Strukhoff. "More importantly, it leverages the power of devices and the Interne...