Welcome!

Cognitive Computing Authors: AppNeta Blog, William Schmarzo, Gregor Petri, Jason Bloomberg, Carmen Gonzalez

News Feed Item

TSYS vai adquirir a NetSpend

A TSYS® (NYSE: TSS), uma líder global fornecedora de soluções de pagamento, e a NetSpend (NASDAQ: NTSP), fornecedora líder de cartões de débito pré-pagos recarregáveis de uso geral – o GPR – e de outros serviços financeiros para consumidores sem conta bancária nos Estados Unidos, anunciaram hoje que firmaram um contrato definitivo no qual a TSYS irá adquirir a NetSpend em uma transação à vista no valor de aproximadamente US$ 1,4 bilhão. Sob os termos do contrato, os acionistas da NetSpend receberão US$ 16,00 em dinheiro por cada ação ordinária da NetSpend. A TSYS espera que a operação seja um acréscimo ao PCGA de ganho por ação para o primeiro período de 12 meses após o fechamento, excluindo taxas únicas de aquisição e despesas relacionadas.

A extensa rede de distribuição da NetSpend oferece aos consumidores a possibilidade de comprar cartões de débito pré-pagos em mais de 62.000 estabelecimentos comerciais de distribuição, como varejistas, empresas de troca de cheques, lojas de conveniências, padarias, seguradoras, preparadores fiscais e muitos outros. É também uma das principais fornecedoras de soluções de cartões corporativos salariais, e tem um canal de distribuição direto que alcança os consumidores por meio de fontes de marketing direto, online e dispositivos móveis. A NetSpend atende atualmente mais de 2,4 milhões de contas, 46% das quais são contas de depósito direto, com mais de 500 distribuidores de varejo e mais de 130.000 locais de recarga.

“A aquisição da NetSpend é realmente um evento de transformação para a TSYS e para os consumidores em geral. Isto nos permite atender nossos objetivos estratégicos de diversificar nossos negócios, sendo uma fornecedora mais inovadora de soluções e pagamentos e expandindo o nosso papel dentro de uma área de pagamentos que deve crescer a uma taxa anual de 20% nos próximos quatro anos*. A aquisição também complementa a nossa já forte presença no mercado de processamento pré-pago”, disse Philip W. Tomlinson, presidente do conselho e diretor executivo da TSYS. “Ao adquirir a NetSpend, ganhamos uma equipe de liderança com experiência profunda em pré-pagos, uma empresa com tecnologia escalável e uma oferta de produtos diferenciados, personalizados para os parceiros e canais que atendem. A missão da NetSpend é trazer aos consumidores a conveniência, segurança e liberdade para serem seus próprios bancos, e essa promessa se ajusta com a abordagem da TSYS de pagamentos centrados nas pessoas, que se espera adicionar capacidades significativas em termos de crescimento da receita futura para nossas empresas.”

“Com a força e os recursos da TSYS, nossas possibilidades são infinitas”, disse Dan Henry, diretor executivo da NetSpend, que fará parte da equipe executiva da TSYS. “Eu não consigo imaginar uma líder melhor posicionada no setor que possa nos ajudar a levar a NetSpend para o próximo nível. Trazemos um negócio significativo e de rápido crescimento para a TSYS, e seremos capazes de oferecer nossos produtos e serviços exclusivos para os consumidores sem conta bancária de forma mais ágil do que nunca. Construímos uma equipe tão incrível aqui na NetSpend, e estamos empolgados por ser a mais nova adição à TSYS.”

A transação deverá ser concluída em meados de 2013, sujeita a aprovações regulatórias, à aprovação pelos acionistas da NetSpend e às condições habituais de fechamento.

*Fonte: First Annapolis Consulting

Assessoria financeira e jurídica

A Houlihan Lokey está atuando como assessora financeira exclusiva, e a King & Spalding está atuando como assessora jurídica da TSYS em relação à transação. A BofA Merrill Lynch está atuando como assessora financeira exclusiva, e a Fried Frank está atuando como assessora jurídica da NetSpend.

Detalhes da teleconferência

As gerências da TSYS e da NetSpend vão discutir a aquisição em uma teleconferência no dia 19 de fevereiro de 2013, às 18h no horário da costa leste. A TSYS publicou uma apresentação em slides relacionada a essa transação na seção de relações com investidores de seu site, www.tsys.com, na guia “Investidores” e “Webcasts and Presentations”.

Sobre a NetSpend

A NetSpend é uma fornecedora líder de cartões de débito pré-pagos recarregáveis de uso geral e serviços financeiros relacionados para os cerca de 68 milhões de consumidores nos Estados Unidos que não têm uma conta bancária tradicional ou que dependem de serviços financeiros alternativos. A missão da empresa é desenvolver produtos e serviços que tragam aos consumidores a conveniência, segurança e liberdade para serem seus próprios bancos. Sediada em Austin, Texas, a NetSpend é comercializada no índice NASDAQ sob o símbolo NTSP. Visite http://www.netspend.com para obter mais informações.

Sobre a TSYS

Na TSYS (NYSE: TSS), acreditamos que os pagamentos devem girar em torno das pessoas - e não o contrário. Chamamos essa crença de “Pagamentos centrados em pessoasSM”. Ao situar as pessoas no centro de cada decisão que tomamos, com serviços de atendimento ao cliente e percepção de segmento incomparáveis, a TSYS oferece suporte a instituições financeiras, negócios e governos em mais de oitenta países. Ao oferecer soluções de aceitação de pagamentos no comércio e serviços de crédito, débito, pré-pago, móveis, chip e assistência à saúde, entre outros, fazemos com que as pessoas do mercado global conduzam transações eletrônicas de forma segura, com confiança e conveniência.

A sede da TSYS localiza-se em Columbus, na Geórgia, com escritórios localizados nas Américas, Oriente Médio, África, Europa e Ásia-Pacífico. A TSYS oferece serviços para mais da metade dos vinte maiores bancos internacionais, é uma empresa Fortune 1000 e foi indicada como uma das empresas mais éticas do mundo de 2012 pela revista Ethisphere. Para mais informações, acesse www.tsys.com.

Declarações prospectivas

Este comunicado de imprensa contém certas declarações identificadas como “declarações prospectivas” dentro dos significados da Lei de Valores Mobiliários de 1933 e da Lei da Bolsa de Valores de 1934, conforme alterada pela Lei de Reforma de Litígio de Títulos Privados de 1995. Essas declarações prospectivas incluem, entre outras, declarações sobre os benefícios esperados de uma combinação potencial entre a TSYS e a NetSpend, incluindo o impacto esperado sobre os lucros da TSYS, a taxa de crescimento esperada da indústria de GPR, o impacto positivo esperado sobre o crescimento de receitas futuras e o tempo esperado para o fechamento da aquisição. Essas declarações prospectivas podem ser identificadas pelo uso de termos como “esperado”, “antecipado”, “acredita-se”, “estimado”, “potencial”, “deveria” ou palavras semelhantes destinadas a identificar a informação que não é histórica por natureza. Essas declarações são baseadas nas crenças e expectativas atuais da TSYS e na gestão atual da NetSpend, conforme aplicável, e estão sujeitas a riscos conhecidos e desconhecidos e a incertezas. Não há garantia de que a transação em potencial será consumada, e há uma série de riscos e incertezas que podem causar resultados reais que diferem materialmente daqueles contemplados pelas declarações prospectivas, incluindo, mas não limitado às partes serem incapazes de obter as sinergias e eficiências operacionais na fusão dentro dos prazos esperados ou em um todo integrar com sucesso as operações da NetSpend nas da TSYS; essa integração pode ser mais difícil, demorada ou custosa do que o esperado; receitas na sequência da transação podem ser menores do que o esperado; custos operacionais, perda de clientes e interrupção de negócios (incluindo, sem limitação, dificuldades em manter relacionamentos com funcionários, clientes ou fornecedores) podem ser maiores do que o esperado após a transação; a retenção de certos funcionários-chave na NetSpend; a ocorrência de qualquer evento, alteração ou outras circunstâncias que poderiam dar lugar à rescisão do contrato de fusão; o resultado de qualquer processo judicial que possa ser proposto contra as partes e outros relacionados com o contrato de fusão; aprovação dos acionistas ou de outras condições para a conclusão da transação não poderem ser satisfeitas, ou as aprovações regulatórias necessárias para a transação não poderem ser obtidas nos termos esperados ou no cronograma previsto; falha na conclusão das operações de financiamento contempladas para financiar o preço de compra ou outros custos e despesas da fusão; o montante dos custos, taxas, despesas e encargos relacionados com a fusão e as operações de financiamento necessárias para completar a fusão; e a capacidade das partes para atender as expectativas em relação aos tratamentos de conclusão, tempo, contábil e tributário da fusão. Para obter mais informações sobre os riscos associados com os negócios da TSYS e da NetSpend, consulte os arquivos respectivos com a Comissão de Valores Mobiliários, incluindo relatórios anuais no formulário 10-K para o ano mais recentemente encerrado, relatórios trimestrais no formulário 10-Q e relatórios atuais no formulário 8-K. As partes acreditam que essas declarações prospectivas sejam razoáveis; no entanto, confiança indevida não deve ser colocada em quaisquer declarações prospectivas, que são baseadas em expectativas atuais. Nem a TSYS nem a NetSpend assumem qualquer obrigação de atualizar quaisquer declarações prospectivas, como resultado de novas informações, desenvolvimentos futuros ou outros.

Informações adicionais e onde encontrá-las

Esta comunicação pode ser considerada como uma solicitação em relação à proposta de aquisição da NetSpend pela TSYS. Em conexão com a aquisição proposta, a TSYS e a NetSpend pretendem arquivar os materiais relevantes junto à SEC, incluindo a declaração de procuração da NetSpend no cronograma 14A. ACIONISTAS DA NETSPEND DEVEM LER TODOS OS DOCUMENTOS RELEVANTES ARQUIVADOS JUNTO À SEC, INCLUSIVE A DECLARAÇÃO DE PROCURAÇÃO DA NETSPEND, PORQUE VÃO CONTER INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE A TRANSAÇÃO PROPOSTA E RESPECTIVAS PARTES. Os investidores e detentores de títulos poderão obter os documentos (quando disponíveis), gratuitamente, no site da SEC http://www.sec.gov, e acionistas da NetSpend receberão informações no momento apropriado sobre como obter gratuitamente os documentos relacionados à transação da NetSpend. Tais documentos não estão disponíveis atualmente.

Participantes na solicitação

A TSYS e seus diretores e executivos, e a NetSpend e seus diretores e executivos, podem ser considerados participantes na solicitação de procurações de detentores de ações ordinárias da NetSpend em relação à transação proposta. Informações sobre os diretores e executivos da TSYS foram estabelecidas em sua declaração de procuração na reunião anual de acionistas de 2012, que foi arquivada junto à SEC em 15 de março de 2012. Informações sobre os diretores e executivos da NetSpend foram estabelecidas em sua declaração de procuração na reunião anual de acionistas de 2012, que foi arquivada junto à SEC em 30 de março de 2012. Os investidores podem obter informações adicionais sobre o interesse dessas pessoas, lendo a declaração de procuração referente à aquisição, quando ela se tornar disponível.

More Stories By Business Wire

Copyright © 2009 Business Wire. All rights reserved. Republication or redistribution of Business Wire content is expressly prohibited without the prior written consent of Business Wire. Business Wire shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

@ThingsExpo Stories
Buzzword alert: Microservices and IoT at a DevOps conference? What could possibly go wrong? In this Power Panel at DevOps Summit, moderated by Jason Bloomberg, the leading expert on architecting agility for the enterprise and president of Intellyx, panelists peeled away the buzz and discuss the important architectural principles behind implementing IoT solutions for the enterprise. As remote IoT devices and sensors become increasingly intelligent, they become part of our distributed cloud enviro...
SYS-CON Events announced today that MobiDev, a client-oriented software development company, will exhibit at SYS-CON's 20th International Cloud Expo®, which will take place June 6-8, 2017, at the Javits Center in New York City, NY, and the 21st International Cloud Expo®, which will take place October 31-November 2, 2017, at the Santa Clara Convention Center in Santa Clara, CA. MobiDev is a software company that develops and delivers turn-key mobile apps, websites, web services, and complex softw...
With major technology companies and startups seriously embracing IoT strategies, now is the perfect time to attend @ThingsExpo 2016 in New York. Learn what is going on, contribute to the discussions, and ensure that your enterprise is as "IoT-Ready" as it can be! Internet of @ThingsExpo, taking place June 6-8, 2017, at the Javits Center in New York City, New York, is co-located with 20th Cloud Expo and will feature technical sessions from a rock star conference faculty and the leading industry p...
The security needs of IoT environments require a strong, proven approach to maintain security, trust and privacy in their ecosystem. Assurance and protection of device identity, secure data encryption and authentication are the key security challenges organizations are trying to address when integrating IoT devices. This holds true for IoT applications in a wide range of industries, for example, healthcare, consumer devices, and manufacturing. In his session at @ThingsExpo, Lancen LaChance, vic...
Who are you? How do you introduce yourself? Do you use a name, or do you greet a friend by the last four digits of his social security number? Assuming you don’t, why are we content to associate our identity with 10 random digits assigned by our phone company? Identity is an issue that affects everyone, but as individuals we don’t spend a lot of time thinking about it. In his session at @ThingsExpo, Ben Klang, Founder & President of Mojo Lingo, discussed the impact of technology on identity. Sho...
Manufacturers are embracing the Industrial Internet the same way consumers are leveraging Fitbits – to improve overall health and wellness. Both can provide consistent measurement, visibility, and suggest performance improvements customized to help reach goals. Fitbit users can view real-time data and make adjustments to increase their activity. In his session at @ThingsExpo, Mark Bernardo Professional Services Leader, Americas, at GE Digital, discussed how leveraging the Industrial Internet and...
What are the new priorities for the connected business? First: businesses need to think differently about the types of connections they will need to make – these span well beyond the traditional app to app into more modern forms of integration including SaaS integrations, mobile integrations, APIs, device integration and Big Data integration. It’s important these are unified together vs. doing them all piecemeal. Second, these types of connections need to be simple to design, adapt and configure...
IoT generates lots of temporal data. But how do you unlock its value? You need to discover patterns that are repeatable in vast quantities of data, understand their meaning, and implement scalable monitoring across multiple data streams in order to monetize the discoveries and insights. Motif discovery and deep learning platforms are emerging to visualize sensor data, to search for patterns and to build application that can monitor real time streams efficiently. In his session at @ThingsExpo, ...
A critical component of any IoT project is what to do with all the data being generated. This data needs to be captured, processed, structured, and stored in a way to facilitate different kinds of queries. Traditional data warehouse and analytical systems are mature technologies that can be used to handle certain kinds of queries, but they are not always well suited to many problems, particularly when there is a need for real-time insights.
WebRTC is about the data channel as much as about video and audio conferencing. However, basically all commercial WebRTC applications have been built with a focus on audio and video. The handling of “data” has been limited to text chat and file download – all other data sharing seems to end with screensharing. What is holding back a more intensive use of peer-to-peer data? In her session at @ThingsExpo, Dr Silvia Pfeiffer, WebRTC Applications Team Lead at National ICT Australia, looked at differ...
"ReadyTalk is an audio and web video conferencing provider. We've really come to embrace WebRTC as the platform for our future of technology," explained Dan Cunningham, CTO of ReadyTalk, in this SYS-CON.tv interview at WebRTC Summit at 19th Cloud Expo, held November 1-3, 2016, at the Santa Clara Convention Center in Santa Clara, CA.
In his General Session at 16th Cloud Expo, David Shacochis, host of The Hybrid IT Files podcast and Vice President at CenturyLink, investigated three key trends of the “gigabit economy" though the story of a Fortune 500 communications company in transformation. Narrating how multi-modal hybrid IT, service automation, and agile delivery all intersect, he will cover the role of storytelling and empathy in achieving strategic alignment between the enterprise and its information technology.
Growth hacking is common for startups to make unheard-of progress in building their business. Career Hacks can help Geek Girls and those who support them (yes, that's you too, Dad!) to excel in this typically male-dominated world. Get ready to learn the facts: Is there a bias against women in the tech / developer communities? Why are women 50% of the workforce, but hold only 24% of the STEM or IT positions? Some beginnings of what to do about it! In her Day 2 Keynote at 17th Cloud Expo, Sandy Ca...
You have great SaaS business app ideas. You want to turn your idea quickly into a functional and engaging proof of concept. You need to be able to modify it to meet customers' needs, and you need to deliver a complete and secure SaaS application. How could you achieve all the above and yet avoid unforeseen IT requirements that add unnecessary cost and complexity? You also want your app to be responsive in any device at any time. In his session at 19th Cloud Expo, Mark Allen, General Manager of...
Web Real-Time Communication APIs have quickly revolutionized what browsers are capable of. In addition to video and audio streams, we can now bi-directionally send arbitrary data over WebRTC's PeerConnection Data Channels. With the advent of Progressive Web Apps and new hardware APIs such as WebBluetooh and WebUSB, we can finally enable users to stitch together the Internet of Things directly from their browsers while communicating privately and securely in a decentralized way.
Providing secure, mobile access to sensitive data sets is a critical element in realizing the full potential of cloud computing. However, large data caches remain inaccessible to edge devices for reasons of security, size, format or limited viewing capabilities. Medical imaging, computer aided design and seismic interpretation are just a few examples of industries facing this challenge. Rather than fighting for incremental gains by pulling these datasets to edge devices, we need to embrace the i...
Internet of @ThingsExpo, taking place June 6-8, 2017 at the Javits Center in New York City, New York, is co-located with the 20th International Cloud Expo and will feature technical sessions from a rock star conference faculty and the leading industry players in the world. @ThingsExpo New York Call for Papers is now open.
For basic one-to-one voice or video calling solutions, WebRTC has proven to be a very powerful technology. Although WebRTC’s core functionality is to provide secure, real-time p2p media streaming, leveraging native platform features and server-side components brings up new communication capabilities for web and native mobile applications, allowing for advanced multi-user use cases such as video broadcasting, conferencing, and media recording.
Things are changing so quickly in IoT that it would take a wizard to predict which ecosystem will gain the most traction. In order for IoT to reach its potential, smart devices must be able to work together. Today, there are a slew of interoperability standards being promoted by big names to make this happen: HomeKit, Brillo and Alljoyn. In his session at @ThingsExpo, Adam Justice, vice president and general manager of Grid Connect, will review what happens when smart devices don’t work togethe...
The 20th International Cloud Expo has announced that its Call for Papers is open. Cloud Expo, to be held June 6-8, 2017, at the Javits Center in New York City, brings together Cloud Computing, Big Data, Internet of Things, DevOps, Containers, Microservices and WebRTC to one location. With cloud computing driving a higher percentage of enterprise IT budgets every year, it becomes increasingly important to plant your flag in this fast-expanding business opportunity. Submit your speaking proposal ...