Welcome!

Search Authors: Liz McMillan, Shelly Palmer, Lacey Thoms, Jayaram Krishnaswamy, Alex Forbes

News Feed Item

American Samoa Telecommunications Authority (ASTCA) Seleciona a O3b Networks para Fornecer Banda Larga por Satélite de Baixa Latência e Alta Capacidade a partir Deste Ano.

A American Samoa Telecommunications Authority (ASTCA) e a O3b Networks assinaram acordos para que a O3b Networks forneça até 1.2Gbps de conectividade de banda larga futura para Internet e outros serviços para a Samoa Americana a partir de 2013.

A O3b Networks está lançando uma constelação de satélites na órbita média da terra que oferece a velocidade de fibra e alcance de satélite para as nações insulares do Pacífico. Como os satélites O3b estão situados em órbita a apenas 8062 km ao longo do planeta, eles estão quatro vezes mais perto do que os satélites geoestacionários que atenderam à Samoa Americana no passado. Esta proximidade reduz significativamente o atraso de ida e volta para chamadas de voz e a navegação na internet. A constelação O3b estará pronta para o serviço no terceiro trimestre deste ano.

Hoje, o território é atendido por um único cabo submarino de fibra óptica. O desempenho da ligação via satélite O3b será protegido por um conjunto de antenas duplas com 7,3 metros e tecnologia de ponta no Teleporto ASTCA Ili'ili. O aumento da capacidade permitirá que a ASTCA e outros provedores de serviços ofereçam mais serviços baseados em banda larga para os habitantes da Samoa Americana.

Aleki Sene, Diretor Executivo Sênior da ASTCA, disse: "Este acordo marca uma melhoria significativa na acessibilidade de banda larga na Samoa Americana. O serviço O3b diversifica a nossa rota com muita capacidade de baixa latência. A ASTCA continuará a atender nossos clientes através de nossos compromissos de fibra óptica submarino no cabo da ASH. No entanto, no primeiro dia em que a constelação da O3b estiver operacional, a ASTCA dobrará a capacidade de banda larga disponível para os residentes no território. A nova capacidade melhorará as velocidades de rede, a confiabilidade da rede e proporcionará redundância, caso o sistema submarino de fibra óptica falhe."

Uma das razões para a falta de penetração da banda larga na Samoa Americana, que apresentou uma penetração da Internet de 4.5% em uma pesquisa realizada, foi a natureza cara do backhaul. Ambas as soluções de fibra ótica submarina e de satélite tradicional tiveram seus preços estabelecidos bem fora do viável para a economia local. O acordo entre a ASTCA e a O3b muda o cenário da banda larga de forma significativa, ao levar as capacidades de fibra óptica a preços e condições que são acessíveis e economicamente viáveis para os provedores de serviços das ilhas. A ASTCA pode estender os benefícios da capacidade 03b para atender toda a Samoa.

John Finney, Diretor Comercial da O3b Networks, declarou: "Estamos entusiasmados por fazer parte do plano da ASTCA para fornecer capacidade de banda larga com tecnologia de ponta acessível para todos os cidadãos, visitantes e empresas na Samoa Americana. A O3b espera que 2013 marque o início de uma parceria longa e próspera com a ASTCA".

Sobre a O3b Networks Ltd.

O3b Networks Ltd. é uma provedora de serviços de satélite global que está desenvolvendo uma rede de satélites da próxima geração para operadores de telecomunicações, provedores de serviços de Internet, clientes empresariais e de governo nos mercados emergentes. O sistema O3b combinará o alcance global do satélite com a velocidade de uma rede de fibra óptica, oferecendo a bilhões de consumidores e empresas em aproximadamente 180 países conectividade móvel e de internet de baixa latência, alta velocidade e baixo custo. Os investidores da O3b Networks são SES, Google, Liberty Global, HSBC Principal Investments, Northbridge Venture Partners, Allen & Company, Development Bank of Southern Africa, Sofina, Satya Capital e Luxempart. A O3b Networks está sediada em St. John, Jersey, Ilhas do Canal.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

More Stories By Business Wire

Copyright © 2009 Business Wire. All rights reserved. Republication or redistribution of Business Wire content is expressly prohibited without the prior written consent of Business Wire. Business Wire shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.